quarta-feira, 12 de agosto de 2015


Segundo o  Dr. José Alexandre Portinho
A nutrição correta é importantíssima nos períodos iniciais da vida que começa com a fase intra-uterina seguindo com a infância e adolescência. A ingestão de alimentação adequada que contém magnésio, vitamina D, potássio, além de leite e derivados que são ricos em cálcio, irá proporcionar um esqueleto com mais reserva de massa óssea para a mulher viver muitos anos, sendo crucial para a prevenção da osteoporose que é muito freqüente após a menopausa.
Podemos dizer que a osteoporose é uma doença pediátrica com conseqüências geriátricas. Isto porque 90% da massa óssea do esqueleto adulto é formado até o final da adolescência. O pico da massa óssea é alcançado entre as idades de 20 e 30 anos. A partir dessa idade a massa óssea já esta constituída e a mulher deverá se preocupar em evitar a perda de cálcio do osso.
Os estudos demonstram que a ingestão de alimentos ricos em cálcio na adolescência modela uma massa óssea ótima e mais resistente contra fratura durante toda a vida. O exercício físico também contribui para o fortalecimento ósseo.
As adolescentes devem estar sempre fisicamente ativas e afastar hábitos perigosos como fumo, excesso de bebidas alcoólicas, uso de drogas e comportamento sexual de risco para as doenças sexualmente transmissíveis.
Novos marcos na pesquisa médica envolvem novas drogas para o câncer de mama, alta tecnologia para os procedimentos cirúrgicos como a videohisteroscopia e videolaparoscopia e novos exames pré-natais possibilitando melhora da qualidade de vida. A mulher necessita de saúde para viver e ela precisa saber como fazer o controle de sua própria saúde. Nesse momento, é de grande importância a ajuda do médico na transmissão de informações atualizadas que são necessárias para o controle da saúde de cada pessoa.
Se você ainda não iniciou o seu planejamento de vida saudável nunca é tarde para se começar a plantar. Como não existe atalho nesse caminho da boa saúde, não é possível colher o que não foi plantado, sempre colhemos o que semeamos. Portanto, não perca tempo, comece por procurar uma área de plantio para a sua boa saúde, depois faça a semeadura. Tome conta com freqüência da sua plantação, para que você possa ter muitas colheitas de qualidade para sua vida saudável.
O resultado de todo esse esforço do bem-estar diário é o que chamamos de FELICIDADE. A felicidade não é o objetivo final. A felicidade é todo esse caminho, o dia-a-dia, a trajetória de toda a nossa vida.


Tohny Magne










Nenhum comentário:

Postar um comentário